• Dr. Jorge Lyra

Abril: Mês de conscientização do câncer de boca

Também conhecido com câncer dos lábios ou cavidade oral, o câncer de boca é um tumor maligno que afeta as estruturas da boca, como: bochechas, lábios, gengivas, céu da boca e língua. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a doença atinge mais homens acima dos 40 anos. Sendo o principal causador o tabaco.


Sintomas


O câncer de boca pode ser indolor, por isso é importante ficar atento e realizar o autoexame para tentar detectar alguns sintomas, tais como:

- Lesões ou aftas na cavidade oral que não cicatrizam por mais de 15 dias;

- Nódulos (caroços) no pescoço;

- Manchas/placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, céu da boca e bochecha;

- Rouquidão persistente;

- Dificuldade de mastigação e de engolir;

​ - Dificuldade na fala.


Diagnóstico


O diagnóstico pode ser realizado através do exame clínico (visual) e do exame de biópsia para a confirmação. Exames, como a tomografia computadorizada, também podem ser solicitados, pois eles ajudam a avaliar a extensão do tumor. Estes procedimentos associados permitem que o cirurgião defina qual será o tratamento mais adequado para o caso.


Outro ponto importante que pode favorecer o diagnóstico precoce é a visita periódica ao dentista, pois ele é o especialista que pode perceber alguma lesão que você não conseguiu notar sozinho.


Prevenção


É importante deixar claro que nem todos os casos de câncer de boca podem ser evitados, mas o risco do desenvolvimento pode ser reduzido, evitando os seguintes fatores de risco:

- Consumo excessivo de bebidas alcoólicas;

- Manter uma alimentação rica em frutas verduras e legumes;

- Cuidar da higiene bucal;

- Prevenir-se contra a infecção do Papilomavírus (HPV).




16 visualizações
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Dr. Jorge Lyra. Todos os direitos reservados.