• Dr. Jorge Lyra

Pacientes com câncer em tempos de pandemia

Estamos vivendo tempos desafiadores com a pandemia do COVID-19, durante o último ano foram grandes os desafios em todas as áreas, e na #oncologia não é diferente, segundo estimativas da Sociedade Brasileira de Patologia e de Cirurgia Oncológica, estima-se que mais de 50 mil brasileiros não foram diagnosticados com câncer devido os receios da procura por atendimento na pandemia.


O Sistema Único de Saúde (SUS) divulgou dados em que houve redução de em média 75% nos atendimentos em hospitais públicos das principais capitais do país de pacientes mulheres em tratamentos, estes dados foram comparados com o mesmo período do ano passado.


Como as informações ainda são incertas e o pouco que conhecemos sobre o vírus geram ainda mais dúvidas e expectativas para quem precisa de diagnóstico e tratamento contra o câncer, é nosso papel orientar para que os pacientes não deixem de procurar auxilio quando houver dúvidas ou sintomas da doença, pois como sempre falamos aqui o diagnóstico e tratamento precoce é fundamental para a recuperação e cura da doença.


Para orientar melhor o paciente existe um artigo que alerta sobre o “Efeito Distração”, o qual fala sobre a gravidade da COVID-19, principalmente por levar ao esquecimento a importância de manter o tratamento contra o câncer neste momento.


Para auxiliar na prevenção do coronavírus no país, foi elaborado uma cartilha com orientações e informações exclusivas para os pacientes oncológicos e parentes que convivem com eles, a fim de conter o avanço do câncer durante a pandemia.


🔶 Sobre a Prevenção


- Pessoas que convivem com portadores do câncer e apresentarem sintomas de gripe ou resfriado devem evitar o contato direto com eles, especialmente se houver suspeita ou infecção confirmada pelo COVID-19.


- É extremamente importante higienizar as mãos constantemente com água e sabão, ou quando não for possível usar álcool em gel com composição de 70%;


- Evitar contado físico, aglomerações, ambientes fechados, evitar tocar nos olhos, boca e nariz e ao tossir e espirrar cobrir a face com o ante braço.


- As visitas hospitalares devem ser realizadas somente quando for estritamente necessárias;


- As consultas e tratamentos oncológicos não devem ser interrompidas, na dúvida peça orientação para o seu #médico ;.


- Assim que possível tome a #vacina contra o vírus.


- O uso das #máscaras é extremamente importante, então se precisar sair de casa sua utilização é obrigatória, se estiver alguém com suspeitas ou diagnosticado o correto é uso em tempo integral da máscara, mesmo dentro de casa.


🔶 Fique alerta


- Pacientes com imunidade muito baixa são os que tem a maior chance de contrair a forma mais grave da infecção pelo COVID-19, por isso é muito importante e necessário aumentar os cuidados do dia a dia para evitar o contágio do coronavírus. Por tanto sempre deve-se seguir rigorosamente as recomendações e orientações de prevenção. Algumas iniciativas para cuidar ainda mais da imunidade pode e deve ajudar como uma boa alimentação, dormir bem de 7 a 8 horas por noite, praticar exercícios físicos regularmente, mas, evitar academias em locais aglomerados, cuidar da saúde mental e evitar maus hábitos, como o excesso de bebidas alcoólicas e o tabagismo.


Mantenha contato com seu médico ou #cirurgião sempre que surgir alguma dúvida.


7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo