• Dr. Jorge Lyra

Conheça os principais tipos de câncer que atingem as mulheres no Brasil

Embora o câncer de mama seja o mais comum entre as mulheres no Brasil, ele não é único que atinge as mulheres com frequência. De acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA), após o câncer de mama, o câncer do intestino é o segundo mais frequente, com 9,4% do total dos casos. Seguido do câncer de colo de útero (8,1%), o de pulmão (6,2%) e o de tireoide (4%). Falando do estado do Maranhão, o câncer do colo do útero é o que tem maior incidência, com estimativa de 1.090 novos casos para 2018. Já o câncer de mama fica em segundo lugar, com estimativa de 720 novos casos, afirma o INCA.

Devido esses dados alarmantes, tanto no país como no Maranhão, é importante ficar atento aos sinais e as formas de prevenção. Principalmente, a realização dos exames e checapes médicos regulares, pois através deles é possível prevenir ou ter um diagnóstico precoce das doenças, tendo assim uma maior chance de cura.


Prevenção da doença:


Cerca de 1/3 dos tipos de câncer podem ser evitados, tendo em vista que o câncer, muitas vezes, é o resultado de comportamentos não saudáveis. Um dos principais meios de prevenção é a mudança no estilo de vida, atitude pode ajudar a prevenir até 20% dos casos de câncer. Além de ficar sempre atenta a sintomas como: perda de peso inexplicável (sem fazer dieta); Sensação de cansaço; Dor que não passa; Febre ou tosse persistente; Falta de ar e voz rouca; Sangue na tosse, nas fezes, na urina ou no mamilo; Ficar engasgada com

frequência. Ao sentir qualquer um destes sinais é preciso atendimento médico imediato.


Além disso, algumas atitudes são necessárias para que você tenha menos chances de ter qualquer um desses tipos de câncer, como:


Não fume


Essa é a regra mais importante para prevenir o câncer, principalmente os de pulmão, cavidade oral, laringe, faringe e esôfago. Ao fumar, são liberadas no ambiente mais de 4.700 substâncias tóxicas e cancerígenas que são inaladas por fumantes e não fumantes.


Alimentação saudável


A alimentação deve ser variada, equilibrada, saborosa e proporcionar prazer e saúde. Frutas, legumes, verduras, cereais integrais e feijões são os principais alimentos que auxiliam na prevenção do câncer.


Cuide do seu peso


Estar acima do peso aumenta as chances de desenvolver câncer. Por isso, é importante controlar o peso por meio de uma boa alimentação e manter-se ativo. Cerca de 1/3 dos casos de câncer podem ser evitados com alimentação saudável, manutenção de peso corporal adequado e exercícios físicos.


Pratique atividades físicas regularmente


A atividade física é a iniciativa de se movimentar, de acordo com a rotina de cada um. Mas como nem todo mundo tem tempo para ir a uma academia, ou fazer algum exercício específico. é indicado por exemplo, caminhar, dançar, trocar o elevador pelas escadas, levar o cachorro para passear, cuidar da casa e etc.


Futuras mamães: Amamentem


O aleitamento materno é a primeira alimentação saudável. A amamentação exclusiva até os seis meses de vida protege as mães contra o câncer de mama e as crianças contra a obesidade infantil.


Faça o checape ginecológico anualmente


As alterações das células do útero são descobertas facilmente no exame preventivo (Papanicolau) e são curáveis na quase totalidade dos casos. Por isso, é importante a realização periódica deste exame.


Evite a ingestão de bebidas alcoólicas


Seu consumo, em qualquer quantidade, contribui para o risco de desenvolver câncer. Além disso, combinar bebidas alcoólicas com o tabaco aumenta ainda mais a possibilidade do surgimento da doença.


Evite a exposição exagerada ao sol


Principalmente, entre 10h e 16h, e sempre use proteção adequada, como protetor solar, chapéu e barraca. Se for inevitável a exposição ao sol durante a jornada de trabalho, use chapéu de aba larga, camisa de manga longa e calça comprida.


Vacine contra o HPV


O Ministério da Saúde implementou no calendário vacinal, desde 2014, a vacina contra o HPV para meninas de 9 a 13 anos. A vacinação e o exame preventivo se complementam como ações de prevenção do câncer do colo do útero.


25 visualizações
  • Grey Facebook Icon
  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon

© 2017 por Dr. Jorge Lyra. Todos os direitos reservados.